Títulos


Guerreiro, Goiás bate o Goianésia por 2 a 0

Apresentando um futebol melhor, o Goiás bateu o Goianésia, no estádio Valdeir José de Oliveira, por 2 a 0. Os gols do Verdão foram marcados por Jean Carlos e Léo Gamalho. Com o resultado o Goiás se mantém na vice-liderança do grupo A do Campeonato Goiano, com 11 pontos conquistados.

O Maior do Centro-Oeste agora volta suas atenções para a Copa do Brasil. O time esmeraldino embarca para Sergipe na manhã desta segunda-feira e, na quarta, faz sua estreia no certame nacional contra o Itabaiana, no estádio Etelvino Mendonça.

O jogo

Jogando em casa, o Goianésia tentou se impor no início da partida e era ajudada pelo gramado, que estava em péssimas condições. Porém, logo o Goiás controlou a posse de bola e passou a jogar mais dentro do campo do adversário.

O Goianésia criou a primeira chance, Juliano arriscou da intermediária, Marcelo Rangel voou no canto direito para fazer a defesa. O Verdão respondeu com Carlos Eduardo, o camisa 7 bateu da entrada da área na ponta direita, a bola desviou na zaga e quase enganou o goleiro Luan.

Carlos Eduardo também arriscou de longa distância, mas a bola passou por cima da meta dos donos da casa. Michael recebeu dentro da área, conseguiu avançar e bateu na saída de Marcelo Rangel, que fez excelente defesa.

O Maior do Centro-Oeste abriu o placar já nos minutos finais do primeiro tempo. Léo Gamalho desviou de cabeça e a bola ficou com a defesa do Goianésia, mas o zagueiro bobeou, Carlos Eduardo conseguiu roubar a bola, chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro para Jean Carlos, o camisa 10 chegou de carrinho para empurrar para marcar o primeiro gol alviverde, 1 a 0.

Segundo tempo

O Goiás voltou para do intervalo com o mesmo espírito do primeiro tempo e logo aos 10 minutos ampliou o placar, Jean Carlos foi acionado no meio campo e fez o lançamento na medida para Léo Gamalho, o artilheiro do Verdão e o Campeonato Goiano bateu na saída de Luan, fazendo o segundo do Goiás na partida. O camisa 9 marcou seu sexto gol na competição estadual.

O Verdão controlou com tranquilidade o restante da partida. O Goianésia chegava apenas com arremates de longa distância, a maioria para fora. Gilson Kleina promoveu três alterações na equipe alviverde, entraram Toró, Medina e Dodô, saíram Léo Sena, Tiago Luís e Carlos Eduardo, respectivamente.

Já no final da partida Medina quase ampliou, ele dividiu com o goleiro dentro da pequena área, a bola explodiu na cabeça do atacante esmeraldino e saiu caprichosamente a direita da meta do Goianésia. 


Voltar