“É minha melhor temporada”, diz Amaral

09/10/2012

compartilhe

O volante Amaral, que é oriundo das categorias de base do Verdão, subiu para o time profissional em 2006, e hoje é capitão da equipe, comemora sua boa fase na equipe esmeraldina, e considera que 2012 é seu melhor ano com a camisa do Goiás.

“É minha melhor temporada no Goiás. Acredito que o jogador precisa crescer sempre, não pode cair na mesmice, se não vêm outros atletas e nos atropelam, mas acredito que posso evoluir muito no clube”, disse o camisa 5.

Amaral, que é goianiense, sabe o peso de ser capitão e levar o Goiás de volta a elite do futebol brasileiro. “Para mim é importante, sou goiano, sou daqui. Quando não estamos em um bom momento os amigos cobram bastante, por isso temos que aproveitar esse ano que tudo tá caminhando bem”.

A equipe esmeraldina treinou em dois períodos nesta terça-feira, 9, no CT Edmo Pinheiro. A equipe tem uma sequência de 11 dias de treinamento até a partida de sábado, contra o América-MG, em Belo Horizonte. Depois desse longo períodos sem jogos o Goiás irá enfrentar uma maratona de cinco jogos em 14 dias.

Ao término dessa jornada Amaral acredita que a situação das equipes que brigam pelo acesso a série A estará próxima de uma definição. “É uma sequência em que não dá tempo de comemorar nem lamentar nada, os jogos são muito próximos um do outro. Acredito que no final dessas cinco rodadas a classificação estará mais clara em relação a acesso”, finalizou.

 

Últimas Notícias


Hoje

Futebol Profissional

Dadá Belmonte: “Me sinto em casa no Goiás.”
Leia mais

23/05/2022

Futebol Profissional

De olho em dois confrontos com o RB Bragantino, Verdão se reapresenta no CT Edmo Pinheiro
Leia mais

21/05/2022

Futebol Profissional

Série A: Goiás luta, mas é superado pelo Flamengo no Maracanã, 1 a 0
Leia mais

21/05/2022

Futebol

Nota de Pesar – 21/05/2022
Leia mais

21/05/2022

Futebol Profissional

Guia da partida: Flamengo x Goiás – 21/05/2022
Leia mais

20/05/2022

Futebol Profissional

Retrospecto: Flamengo x Goiás
Leia mais