Esmeraldinos lamentam a perda do ex-companheiro Gimenez

29/11/2016

compartilhe

Vítima da tragédia na Colômbia com toda a delegação da Chapecoense, equipe que chegava ao país vizinho para a disputa da final da Copa Sul-Americana, o lateral-direito Gimenez defendeu o Goiás Esporte Clube em 2015. 

O jogador havia se destacado no Campeonato Paulista daquele ano pelo Botafogo de Ribeirão Preto e acabou despertando o interesse do Verdão. Ele chegou ao Maior do Centro-Oeste para a disputa do Campeonato Brasileiro e fez sua estreia na partida contra o Internacional, em Porto Alegre, no dia 18 de julho de 2015.

“O Gimenez chegou ao Goiás no ano passado depois de fazer um baita Campeonato Paulista. Tinha como vantagem atuar tanto como lateral quanto de volante. Mostrou aqui ter um caráter ilibado. Era um tanto quanto introspectivo, mas sempre doou seu máximo ao clube. Nos deixará saudades”, disse o presidente executivo do clube, Dr. Sérgio Rassi, um dos responsáveis pela contratação de Gimenez. 

Vários jogadores esmeraldinos expressaram suas condolências à Chapecoense, em especial, ao antigo companheiro de clube. O volante Patrick relembrou como conheceu Gimenez, no Comercial de Ribeirão Preto, quando ainda estavam nas categorias de base do clube. 

“Tive a honra de te conhecer e de jogar ao seu lado. Descanse em paz, irmão! E que Deus conforte o coração de seus familiares e amigos. #Luto”, escreveu o meia Murilo em sua conta no Instagram. 

Felipe Macedo, Alex Alves e Carlos Eduardo, que também atuaram ao lado de Gimenez, no Maior do Centro-Oeste, se manifestaram demonstrando toda a sua consternação com o acidente. 

Bruno Henrique, atacante que defendeu o Goiás em 2015 e, no início de 2016, foi negociado com o Wolfsburg, era um dos atletas próximos a Gimenez e também usou as redes sociais para externar sua tristeza diante de tamanha tragédia. 

“Sem palavras para dizer algo nesse momento de muita dor e tristeza. Amigo, companheiro que eu tinha do meu lado. Vou levar para sempre tudo que vivemos. Que Deus conforte o coração de seus familiares e amigos”, escreveu.

Ao todo, Gimenez fez 24 jogos com a camisa do Goiás, 23 deles pelo Campeonato Brasileiro Série A e um pela Copa Sul-Americana, competição que a Chapecoense almejava conquistar diante do Atlético Nacional de Medellín, onde disputaria, na próxima quarta-feira, 30, a primeira partida da final. 

 

Confira a entrevista especial que Gimenez concedeu à TV Goiás, assim que chegou à equipe esmeraldina.

Últimas Notícias


Hoje

Futebol Profissional

Série A: Goiás luta, mas é superado pelo Flamengo no Maracanã, 1 a 0
Leia mais

Hoje

Futebol

Nota de Pesar – 21/05/2022
Leia mais

Hoje

Futebol Profissional

Guia da partida: Flamengo x Goiás – 21/05/2022
Leia mais

20/05/2022

Futebol Profissional

Retrospecto: Flamengo x Goiás
Leia mais

20/05/2022

Futebol Profissional

No CT do Fluminense, Goiás fecha preparação para encarar o Flamengo neste sábado (21)
Leia mais

19/05/2022

Futebol Profissional

Goiás x RB Bragantino – Sábado 28/05/2022 – Orientações Sócios-Torcedores
Leia mais