Goiás vence o clássico contra o Atlético-GO

11/03/2017

compartilhe

Em uma bela apresentação, o Goiás venceu o clássico contra o Atlético Goianiense por 2 a 1, no estádio Serra Dourada. Os gols do Maior do Centro-Oeste foram marcados por Tiago Luís e Carlos Eduardo. Com o resultado o Verdão agora assume a liderança do grupo A do Campeonato Goiano, com 17 pontos.

O Goiás volta suas atenções agora para a Copa do Brasil, na próxima quinta-feira, dia 16, o time esmeraldino vai disputar a segunda partida da terceira fase, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal. Como venceu o primeiro jogo por 4 a 0, o Verdão pode até perder por três gols de diferença que avança a próxima fase da competição nacional.

O jogo

Apesar do forte calor em Goiânia, o clássico começou movimentado. O Goiás, com maior posse de bola, controlou as ações ofensivas no início da partida, tanto que teve a primeira oportunidade. Aos oito minutos, Victor Bolt lançou Patrick na esquerda, o lateral alviverde avançou e fez o cruzamento rasteiro, a bola atravessou toda a área e Carlos Eduardo completou na segunda trave, Kléver conseguiu fazer a defesa.

Marcelo Rangel foi tranquilo quando solicitado, ele defendeu com calma o chute de Luiz Fernando na entrada da área. O Verdão respondeu novamente pela esquerda, Patrick cruzou na segunda trave nas costas da defesa atleticana, Léo Gamalho emendou de primeira, a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Jorginho recebeu na direita, trouxe para o meio e bateu, novamente Marcelo Rangel, bem colocado, fez a intervenção com tranquilidade. O árbitro Wilton Sampaio promoveu uma parada técnica, devido ao forte calor.

Aos 35 minutos o Maior do Centro-Oeste abriu o placar. O meio campo esmeraldino teve paciência e competência para girar a bola, que passou pelos pés de todos os jogadores do setor, até que Patrick foi acionado na esquerda, ele cortou um adversário e fez o passe para Juan, o camisa também driblou um marcador e com a perna direita, que não é a boa, fez o cruzamento na medida para Tiago Luís, que subiu na segunda trave e testou firme, 1 a 0 Verdão.

Nos acréscimos, Juan cobrou falta a um passo da área, a bola explodiu no travessão, no rebote Fábio Sanches cabeceou para o gol, mas Kléver fez a defesa.

Segundo tempo

Na etapa final a primeira finalização foi atleticana, Luiz Fernando arriscou de longe, a bola passou por cima da meta de Marcelo Rangel. Jorginho também finalizou, e também para fora.

Mas a tarde era esmeraldina e o Verdão ampliou aos nove minutos. Juan fez bela jogada individual pela meia direita e tocou com classe para deixar Carlos Eduardo cara a cara com Kléver, o camisa 7 dominou, esperou a saída de arqueiro adversário e mandou para as redes, 2 a 0 Goiás.

Aos 17 minutos o Goiás perdeu Everton Sena, que recebeu dois cartões amarelos e, consequentemente, o vermelho. Para recompor a defesa, Gilson Kleina colocou David Duarte em lugar de Juan.

Na cobrança da falta que originou a expulsão de Everton Sena, a bola bateu na defesa esmeraldina e sobrou para Jorginho, que marcou para o Atlético, 2 a 1.

A segunda substituição alviverde foi a entrada de Aylon no lugar de Carlos Eduardo. Aos 28 minutos, Júnior Viçosa agrediu Pedro Bambu e recebeu o cartão vermelho direto, ambas as equipes ficaram com 10 jogadores em campo.

Léo Sena dominou a bola pela esquerda, se livrou da marcação, invadiu a área e bateu rasteiro, Kléver fez a defesa com as pernas. Já nos minutos finais, Betinho atingiu Jarlan, que entrou em lugar de Tiago Luís, e também foi expulso. 

Últimas Notícias


Hoje

Futebol Profissional

Verdão pronto para o oitavo jogo na Série A 2022 – Goiás x RB Bragantino
Leia mais

Hoje

Futebol Profissional

Nicolas: “Serão dois jogos muito difíceis contra o RB Bragantino.”
Leia mais

26/05/2022

Futebol Profissional

Imagens do treinamento desta quinta (26)
Leia mais

25/05/2022

Futebol Profissional

Verdão trabalha para mais um confronto em casa
Leia mais

25/05/2022

Futebol Profissional

Ingressos: Goiás x RB Bragantino – 28/05/2022
Leia mais

24/05/2022

Futebol Profissional

Dadá Belmonte: “Me sinto em casa no Goiás.”
Leia mais