Guilherme dos Anjos analisa vitória alviverde

01/03/2018

compartilhe

O Goiás venceu o Coritiba por 1 a 0, no estádio Serra Dourada, com gol do lateral-esquerdo Jefferson. Foi a primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil, o segundo, e decisivo jogo, acontecerá no dia 14 de março, em Curitiba, no estádio Couto Pereira, para avançar na competição o Goiás precisa de um empate, em caso de derrota por um gol de diferença a decisão será em cobrança de penalidades.

Guilherme dos Anjos, auxiliar técnico, comandou o Maior do Centro-Oeste a beira do gramado, já que o treinador Hélio dos Anjos cumpriu suspensão automática. Ele fez uma avaliação da vitória alviverde.

“Dentro de um processo de evolução do trabalho, de treinamento, com certeza foi a melhor partida do nosso time na temporada. Nosso volume ofensivo foi muito grande, conseguimos pressionar o adversário quando perdíamos a posse, isso nos desgastou, mas fizemos muito bem feito”, disse.

O auxiliar técnico reforçou a evolução do time esmeraldino durante todo o ano e elogiou a capacidade dos atletas de absorver e executar as orientações que são repassadas no dia-a-dia de treinamentos.  

“A evolução é contínua, os números estão aí para provar. Temos convicção do que fazemos, os jogadores estão conseguindo desenvolver o que pedimos e tudo está evoluindo bem. O jogo não foi perfeito, os jogadores sabem que temos que melhorar, mas vejo nossa evolução de forma muito positiva”.

Últimas Notícias


Hoje

Futebol Profissional

Imagens do treinamento desta quinta (26)
Leia mais

25/05/2022

Futebol Profissional

Verdão trabalha para mais um confronto em casa
Leia mais

25/05/2022

Futebol Profissional

Ingressos: Goiás x RB Bragantino – 28/05/2022
Leia mais

24/05/2022

Futebol Profissional

Dadá Belmonte: “Me sinto em casa no Goiás.”
Leia mais

23/05/2022

Futebol Profissional

De olho em dois confrontos com o RB Bragantino, Verdão se reapresenta no CT Edmo Pinheiro
Leia mais

21/05/2022

Futebol Profissional

Série A: Goiás luta, mas é superado pelo Flamengo no Maracanã, 1 a 0
Leia mais