Por unanimidade, Conselho aprova mudanças no estatuto

24/11/2017

compartilhe

Aconteceu na noite desta sexta-feira (24), no Complexo Esportivo e Recreativo Ruarc Douglas, uma Assembleia Geral do Conselho Deliberativo do Goiás Esporte Clube. Os associados esmeraldinos decidiram de maneira unânime por algumas alterações no estatuto da instituição alviverde.

A partir do próximo mandato, que terá início em janeiro de 2018, a diretoria executiva do Goiás terá mandato de três anos, sem direito a reeleição. A direção será composta pelo presidente e por cinco vice-presidentes, que serão divididos nas seguintes pastas: Assuntos Jurídicos, assuntos de Futebol, assuntos Administrativos e Financeiros, assuntos Patrimoniais e Assuntos de Esportes Olímpicos e Paralímpicos. Nenhum membro da diretoria executiva será remunerado.

Será criado, também, um Conselho Administrativo, que será composto pelo presidente executivos, os vices executivos, pelos vice-presidentes do Conselho Deliberativo. Este Conselho Administrativo será responsável pela decisão sobre qualquer contrato que gere despesa no clube e terá o prazo de gestão idêntico ao da direção executiva, três anos, também sem direito a recondução ao mesmo cargo.

Todas as alterações promovidas pela Assembleia Geral possuem validade a partir do próximo ano. 

Últimas Notícias


25/05/2022

Futebol Profissional

Verdão trabalha para mais um confronto em casa
Leia mais

25/05/2022

Futebol Profissional

Ingressos: Goiás x RB Bragantino – 28/05/2022
Leia mais

24/05/2022

Futebol Profissional

Dadá Belmonte: “Me sinto em casa no Goiás.”
Leia mais

23/05/2022

Futebol Profissional

De olho em dois confrontos com o RB Bragantino, Verdão se reapresenta no CT Edmo Pinheiro
Leia mais

21/05/2022

Futebol Profissional

Série A: Goiás luta, mas é superado pelo Flamengo no Maracanã, 1 a 0
Leia mais

21/05/2022

Futebol

Nota de Pesar – 21/05/2022
Leia mais