TBT: da base esmeraldina para a Seleção Brasileira

26/05/2016

compartilhe

Nesta semana, após a convocação do volante João Neto da equipe Sub-17, o Goiás atingiu uma marca histórica: em apenas cinco meses, quatro atletas da base esmeraldina foram chamados para defender a Seleção Brasileira.

O clube, que é reconhecido pela Confederação Brasileira de Futebol como Entidade de Prática Desportiva Formadora de Atleta na Categoria A, tem investido cada vez mais na qualidade de formação dos atletas.

Em 2015, o Goiás inaugurou no Centro de Treinamento Edmo Pinheiro, a Casa do Atleta. O local, um luxuoso hotel com estrutura ímpar, abriga os atletas em formação dentro do próprio clube, proporcionando assistência 24 horas e uma formação de primeira qualidade.

Além dos investimentos em estrutura, o Goiás tem crescido com o Projeto Integração, uma parceria entre o departamento de iniciação esportiva e o departamento de base, visando o desenvolvimento de atletas desde a fase da escolinha.

O resultado tem se refletido em campo. Atualmente, 16 pratas-da-casa compõem o elenco profissional do Goiás. Aqueles que ainda não chegaram lá, comemoram convocações às seleções brasileiras de base, o que não é novidade na história do clube. 

Confira a lista de alguns jogadores formados pelo Goiás Esporte Clube que tiveram a oportunidade de representar a Nação Esmeraldina com a camisa amarelinha.

·        Uidemar

Jogador com forte identificação com o Goiás e com a torcida esmeraldina, Uidemar também chegou a seleção brasileira enquanto defendia o Maior do Centro-Oeste. Ele foi o primeiro jogador goiano a vestir a amarelinha.

·       Cacau

Revelado pelo Goiás, o atacante surgiu ainda na época em que o camisa 7 era o ponta direita. Ele disputou sete edições do Campeonato Brasileiro, de 83 a 85 e de 90 a 93. No total, foram 105 jogos, 18 gols, 29 vitórias, 35 empates e 42 derrotas. Em 1981, Cacau disputou o Campeonato Mundial Sub-20 de Futebol, na Austrália, pela Seleção Brasileira Sub-20.

·       Túlio Maravilha

O irreverente atacante, que é formado nas categorias de base do Goiás, acumula diversas convocações. Deixou seu nome marcado na história da seleção brasileira com o famoso gol contra a Argentina, na Copa América de 1995, quando ele ajeitou a bola com o braço.

·       Lira

O lateral-esquerdo Lira foi um dos destaques da belíssima campanha esmeraldina na Copa do Brasil de 1990, quando o Verdão sagrou-se vice-campeão da competição nacional, porém, Lira não jogou a grande decisão da Copa do Brasil, justamente por conta de uma convocação para a Seleção Brasileira.

·       Fernandão

Saudoso ídolo esmeraldino, Fernandão iniciou a carreira na escolinha de futebol do Goiás e integrou as categorias de base do Verdão. Conquistou o título do Campeonato Brasileiro da Série B de 1999 com o Goiás, além do pentacampeonato goiano. Em 2005, quando atuava pelo Internacional, chegou a vestir a camisa da Seleção Brasileira em uma partida amistosa contra a Seleção da Guatemala.

 ·   Leyrielton

Leyrielton revelado pelo Goiás na mesma geração de Rafael Toloi, Ernando e Douglas. O lateral-direito teve passagem entre 2003 e 2006 nas seleções de base, nas categorias sub-15, sub-17 e sub-20.

·       Wendell Lira

Mais um atacante que brilhou na categoria de base esmeraldina, Wendell jogou a Copa Sendai ao lado de Ernando e Leyrielton pela Seleção Sub-20, em setembro de 2006. Além de ter ajudado a equipe a conquistar o troféu da competição, ele marcou um dos gols na campanha do título brasileiro. Em 2016, Wendell ficou mundialmente conhecido após ganhar o Prêmio Puskas da FIFA, de gol mais bonito do mundo. O gol foi marcado por Wendell no Campeonato Goiano de 2015, quando vestia a camisa do Goianésia.

·       Rafael Toloi

Formado no Goiás, o zagueiro atualmente defende o Atalanta da Itália. Em 2009, quando ainda vestia o manto esmeraldino, Toloi foi convocado pela Seleção Brasileira Sub-20, participando do Campeonato Sulamericano, na Venezuela, onde o Brasil sagrou-se campeão.

·       Ernando

Formado na base do Goiás, o zagueiro defendeu a camisa esmeraldina por quase uma década e chegou a ser capitão do time profissional. Em 2006, Ernando participou da disputa da Copa Sendai no Japão, onde o Brasil conquistou o título com a Seleção Sub-18.

·       Douglas

Lateral de destaque durante a passagem pela base esmeraldina, Douglas também foi convocado para a Seleção Sub-20 que disputou e conquistou o Campeonato Sulamericano de 2009, na Venezuela. Atualmente, a revelação esmeraldina defende o Barcelona, da Espanha.

·       Felipe Amorim

O habilidoso meia da base do Goiás estreou como profissional na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, quando o Goiás enfrentou o Corinthians, no estádio Serra Dourada, e marcou seu primeiro gol como profissional. No ano seguinte, defendeu a Seleção Brasileira Sub-20 comandada por Ney Franco na disputa dos Jogos Pan-Americanos de 2011.

·       Gil

Atacante das categorias de base do Verdão em 2010, Gil foi convocado para compor a Seleção Brasileira Sub-19. Na época, o atleta disputou o Torneio Internacional de Futebol Sub-20, em Assunção, no Paraguai.

·       Liniker

Em 2013, após a campanha realizada na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o meia foi convocado por Alexandre Gallo para representar a Seleção Brasileira Sub-20 em um amistoso contra a Seleção de Santa Catarina, em Brusque.

·       Erik

Jovem atacante, Erik foi destaque no setor ofensivo do Goiás durante sua trajetória nas categorias básicas. Foi convocado três vezes pela Seleção Brasileira. Na primeira delas, em 2013, integrou o elenco Sub-21 na disputa do Torneio Internacional de Toulon, sagrando-se campeão. Já na equipe profissional do Goiás, em 2015, Erik foi convocado duas vezes para compor a Seleção Olímpica, que disputou os Jogos Panamericanos em Toronto, terminando em terceiro lugar. No final da última temporada, o atacante foi transferido para o Palmeiras.

·       Richard Luca

O atacante Richard Luca, atleta do Sub-20 esmeraldino que chegou a atuar pela equipe profissional do Goiás este ano, teve sua primeira convocação em 2013 para compor a Seleção Brasileira Sub-15 em um amistoso no Catar. No mesmo ano, o atacante voltou a ser convocado pelo treinador Caio Zanardi para a disputa da Copa das Nações, no México.

·       Caetano

Integrante da categoria Sub-20 do Goiás,  o volante foi o primeiro convocado do Verdão nesta temporada. Em fevereiro, Caetano passou por um período de treinamentos, sob as observações do técnico Rogério Micale, na Granja Comary, em Teresópolis.

·       Welder

O meia da base esmeraldina foi convocado em março deste ano para disputar o Torneio Delle Nazioni, na Itália, pela Seleção Brasileira Sub-15.

 

·       João Neto

 

João Neto é volante da equipe Sub-17 do Goiás. O jovem, de 16 anos, iniciou sua trajetória como atleta no futsal do Goiás, passando pela escolinha de futebol do clube até chegar à categoria de base. Destaque do Goiás em várias competições, o jogador foi convocado para um período de treinamentos e observações na Granja Comary.

Últimas Notícias


27/05/2022

Futebol Profissional

Retrospecto: Goiás x Bragantino
Leia mais

27/05/2022

Futebol Profissional

Verdão pronto para o oitavo jogo na Série A 2022 – Goiás x RB Bragantino
Leia mais

27/05/2022

Futebol Profissional

Nicolas: “Serão dois jogos muito difíceis contra o RB Bragantino.”
Leia mais

26/05/2022

Futebol Profissional

Imagens do treinamento desta quinta (26)
Leia mais

25/05/2022

Futebol Profissional

Verdão trabalha para mais um confronto em casa
Leia mais

25/05/2022

Futebol Profissional

Ingressos: Goiás x RB Bragantino – 28/05/2022
Leia mais