TBT: Imagens que marcaram a história do Goiás

18/08/2016

compartilhe

Registrar momentos e eternizar histórias é o principal papel da fotografia. As imagens conseguem resumir sentimentos, amenizar saudades e trazer de volta a emoção de momentos vividos há anos.

Quando se fala em futebol, a fotografia tem um papel ainda mais especial: construir desde a imagem de um ídolo a trazer à memória do torcedor o retrospecto de um campeonato inteiro, a emoção de um jogo histórico, e a lembrança da vibração de um gol marcante.

Em homenagem ao Dia Mundial da Fotografia, celebrado no dia 19 de agosto, o Goiás Esporte Clube separou uma série de imagens que marcaram a história do clube e que trazem, à nossa torcida, importantes lembranças.

O Maior do Centro-Oeste te convida a entrar nesse álbum e reviver alguns momentos mais marcantes dos nossos 73 anos de história.

O primeiro time

A fundação do Goiás aconteceu poucos meses antes dessa fotografia, em 6 de abril de 1943. As primeiras camisas foram doadas pela equipe do América (MG), porém, como o número não foi suficiente, alguns jogadores precisaram completar o timevestindo camisas brancas. Para a estreia do uniforme oficial, o Goiás marcou um jogo com o Atlético Goianiense, no Estádio Olímpico. Na foto, da esquerda para a direita, em pé: Ducha, Bruger, Augusto Amaral Muniz, Tião de Bessa, Bajá, Tião Palahaço, Azeitona, Augusto Amaral Muniz Júnior, Toninho, Nilton, Luiz Rocha e Barolão. Agachados: Baiano, Fio, Silvaninho, Duda Roriz e Alencar Amaral Muniz.

O primeiro título – que não veio

Essa equipe era a base da Selação Goiana. O time era dirigido por Graciano Acosta e levantou a taça do Campeonato Goiano de 1951. Mas, seis anos depois, o Goiânia conseguiu, através do STJD, a anulação do jogo e a determinação de realizar, em 1957, um nova partida, que acabou sendo vencida pelo rival.

A primeira comemoração

A imagem mostra a comemoração esmeraldina em 1951, quando o título ainda não tinha sido perdido no tribunal. De camisa branca, o então presidente do Goiás, Jorge Bruce, estava sendo carregado pela torcida, assim como Joviro Rocha, de camisa escura, na época jogador do Goiás.

Herói dos 33

Os torcedores mais novos não viram esse rapaz jogar, mas sabem muito bem que ele é graças a essa fotografia, que está nos principais registros do Futebol Goiano. Sebastião Segurado, ou Tão Segurado, como era mais conhecido, foi o primeiro artilheiro do Goiás, antes mesmo do Verdão conquistar seu primeiro título. Em 1956, Tão Segurado marcou 22 gols no Campeonato Goiano e os dedicou aos 33 torcedores do Verdão, que, na época, era chamado pelos adversários – de forma depreciativa – como o Time dos 33. Anos depois, o Goiás tornou-se o Maior Time de Futebol do Centro-Oeste, e fez do termo, que era uma “chacota”, um orgulho do torcedor esmeraldino, que até hoje considera o 33 um número simbólico.

1966: o início de uma era

Há 50 anos, comandado pelo técnico Paulo Lázaro, o Goiás chegou à importante conquista do primeiro título de sua história. Pelo placar de 4 a 2, o Verdão bateu o Vila Nova no Campeonato Goiano de 1966. Na foto, de pé: Joel, Sete Léguas, Aleixo, Japonês, Dias, Baltazar, Macalé, Gonçalinoe Paulo Lázaro. Agachados: Massagista Rubens, Eurípedes, Sinval, Afonso, Índio, Marron e Paulinho Dantas.

Ao lado do Rei

No dia 19 de março de 1967, o Goiás enfrentou o Santos, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira. Após uma partida eletrizante, as equipes empataram em 3 a 3. Posando para a foto, ao lado do Rei Pelé, o jogador esmeraldino Antônio Aleixo.

Estreia no Campeonato Brasileiro

A partir de 1973, o Goiás deixou de ser apenas um time local para ser nacionalmente reconhecido. A primeira participação do Verdão no Brasileiro aconteceu em 1973, após decisão da Confederação Brasileira de Desportos. O Goiás estreou contra o Olaria (RJ), no Estádio Olímpico, empatando sem gols. A primeira vitória saiu dos pés de Lincoln: 1 a 0 sobre o Flamengo. A base do time, comandado por Paulo Gonçalves, era formada por Amauri, Triel, Macalé, Alexandre e Cláudio, Matinha e Tuíra; Lucinho, Lincoln, Paghetti e Reis.

Campeão Brasileiro

Foi em 1999 que o Goiás sagrou-se campeão brasileiro pela primeira vez, na disputa da Série B. Grandes craques figuravam esse time, como Josué, Lúcio Bala, Fernandão, Baltazar, Alex Dias, Aloísio, Silvio Criciúma, Dill e Formiga.

É penta!

Após uma sequência de conquistas do Campeonato Goiano, o Goiás estava empatado com o Vila Nova, ambos tetracampeõesestaduais. Em 2000, em cima dos colorados, o Verdão completou a sequência de títulos que começou em 1996, sagrando-se pentacampeão goiano.

Um ídolo eterno

“Ídolos são eternos, não morrem quando se vão, continuam vivos em nossa memória, vivos em nosso coração”. Fernandãoiniciou a carreira na escolinha de futebol do Goiás, passou pelas categorias de base até chegar à equipe profissional, onde conquistou vários títulos. Foi dos pés dele que saiu um dos gols mais bonitos da história do Goiás e do futebol goiano como um todo: a histórica bicicleta contra o Bahia, no Estádio Serra Dourada. Em 2014, Fernandão nos deixou, após sofrer um acidente de helicóptero. Essa imagem marca o estilo dos atletas esmeraldinos que, para celebrar a conquista do pentacampeonato, pintaram barbas e cabelos com tinta verde.

A Copa Centro-Oeste também é nossa

A hegemonia do Goiás foi consolidada em todas as competições da região. Na disputa da Copa Centro-Oeste, o Goiás tornou-se o maior campeão da história com um total de três títulos: 2000, 2001 e 2002.

Dia do Fico

No dia 2 de dezembro de 2007, a torcida esmeraldina lotou o Estádio Serra Dourada para ajudar o Verdão a escapar do rebaixamento. Deu certo! Em uma partida muito emocionante, o Internacional abriu o placar. Elson marcou o primeiro gol do Verdão. O jogo estava empatado. Além de depender de outros resultados, só uma vitória salvaria o Goiás do descenso. Até que um pênalti foi marcado para a equipe esmeraldina. O meia Paulo Baier foi o responsável pela cobrança, mas errou a batida. O árbitro, porém, voltou a cobrança,alegando o adiantamento do goleiro adversário. Mais uma vez Paulo Baier, como num replay, bateu e errou. O goleiro novamente se adiantou. Então, Elson foi convocado afazer a cobrança e a converter o gol que deu ao Goiás a vitória e a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro.

Muito mais que 33

Se o Goiás já foi motivo de chacota por ter apenas 33 torcedores, hoje, o clube possui a maior torcida do Centro-Oeste. Em 2010, os esmeraldinos proporcionaram uma das festas mais bonitas já registradas no Estádio Serra Dourada. Era a decisão da Copa-Sulamericana, podendo o Goiás encaminhar seu primeiro título internacional . Mais de 40 mil torcedores invadiram até a geral do estádio para demonstrar seu amor pelo Verdão, que venceu por 2 a 0 a partida de ida contra o Independiente, da Argentina.

Um gol inesquecível

O Goiás entrou em campo desacreditado, apontado pela maioria como zebra. Era semifinal da Copa Sulamericana de 2010. O Verdão já havia perdido para o Palmeiras em Goiânia por 1 a 0, e, na volta, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, o jogo estava empatado em 1 a 1, até que Ernando marcou o segundo gol esmeraldino, dando a vitória ao Goiás. O feito foi testemunhada por vários torcedores que, acreditando na Força Esmeraldina, saíram de Goiânia para acompanhar a histórica classificação na casa do rival.

BICAMPEÃO BRASILEIRO

Em 2012, Com uma das melhores campanhas do país, o Goiás conquistou pela segunda vez o título de Campeão Brasileiro da Série B. Novamente, a torcida esmeraldina mostrou sua força, lotando o Estádio Serra Dourada e conduzindo o elenco esmeraldino a mais uma importante conquista.

Inédito: Goiás na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior

Um dos feitos mais marcantes das categorias de base do Verdão foi a campanha na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2013. Os Verdinhos realizaram jogos incríveis, demonstrando raça e talento, até chegar, de forma inédita, à final do torneio mais importante da categoria no país. O Goiás ficou com a segunda colocação, após derrota para o Santos.

Quem mais vestiu a camisa esmeraldina

Recordista em número de jogos, com 831 partidas, Harlei é, sem dúvidas, o maior goleiro da história do Verdão. Líder dentro e fora de campo, o arqueiro foi titular da equipe durante mais de 12 anos e teveimportante participação nas principais conquistas esmeraldinas. Foi bicampeão do Campeonato Brasileiro da Série B, três vezes campeão da Copa Centro-Oeste, e oito vezes campeão goiano. Nesta imagem, Harlei comemora o título estadual de 2013.

A casa da Seleção Brasileira

Em 2013, o Goiás foi a casa da Seleção Brasileira na preparação para a Copa das Confederações. Com a estrutura do Centro de Treinamento Edmo Pinheiro e do Estádio Hailé Pinheiro totalmente renovadas, o Maior do Centro-Oeste recebeu os principais jogadores nacionais em casa.

Goiás é Seleção

Falando em amarelinha… na preparação da Seleção Olímpica, em Goiânia, para os jogos Rio 2016, os jovens Thalles, David Duarte, Carlos, Léo Sena e Jefferson posaram ao lado do craque Neymar, após convite da CBF para treinar com a equipe. Esse ano, o Goiás teve vários profissionais vestindo oficialmente a amarelinha. Quatro jogadores da base foram convocados para compor as equipes Sub-15, Sub-17 e Sub-20 do Brasil: o meia Welder, o lateral Cleuber, e os volantes Caetano e João Neto, além do preparador físico Fernando Almeida – um recorde na história do Maior do Centro-Oeste. 

Estrutura de primeira

Com três centros de treinamento, o Goiás tem uma das melhores estruturas do futebol brasileiro. Cada vez mais, o clube investe em qualidade para formar atletas e proporcionar aos seus torcedores grandes conquistas.

 

*As imagens utilizadas nesta publicação fazem parte de divulgações da internet, dos acervos do fotógrafo Hélio de Oliveira, do livro Arquivos do Futebol Goiano e do fotógrafo oficial do Goiás, Rosiron Rodrigues.

Últimas Notícias


25/05/2022

Futebol Profissional

Verdão trabalha para mais um confronto em casa
Leia mais

25/05/2022

Futebol Profissional

Ingressos: Goiás x RB Bragantino – 28/05/2022
Leia mais

24/05/2022

Futebol Profissional

Dadá Belmonte: “Me sinto em casa no Goiás.”
Leia mais

23/05/2022

Futebol Profissional

De olho em dois confrontos com o RB Bragantino, Verdão se reapresenta no CT Edmo Pinheiro
Leia mais

21/05/2022

Futebol Profissional

Série A: Goiás luta, mas é superado pelo Flamengo no Maracanã, 1 a 0
Leia mais

21/05/2022

Futebol

Nota de Pesar – 21/05/2022
Leia mais