TBT: O dia em que a bandeira esmeraldina ganhou a capital nacional

28/07/2016

compartilhe

“O amor pela nossa bandeira é para nós a maior vitória!”, já dizia o hino oficial do Goiás. Mas um fato específico tornou ainda mais ilustre o maior símbolo esmeraldino.

Há 56 anos era inaugurada a Capital Federal, Brasília. E, naquele dia tão importante para a história do país, um fato também marcou a história do Goiás.

Ex-presidente esmeraldino, Ruarc Douglas Ferreira foi um dos principais nomes da trajetória do Goiás. Um dos saudosos 33, ele fez parte da diretoria alviverde quando o clube conquistou seu primeiro título, o Campeonato Goiano de 1966. Foi também um dos responsáveis pela aquisição da área da Serrinha, hoje chamado de Complexo Esportivo e Recreativo Ruarc Douglas. Mas hoje é personagem desse texto por ter idealizado e trabalhado as primeiras divulgações da bandeira esmeraldina.

No dia da inauguração da capital nacional, ele levou a bandeira até Brasília, e lá conseguiu uma assinatura do então Presidente da República, Juscelino Kubitschek.

“Para divulgação maior da bandeira, mandamos imprimir milhares de cópias, em cartolina fina, cópias essas que foram distribuídas nos campos de futebol e aos torcedores esmeraldinos. Um exemplar desse impresso foi autografado pelo Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília, no dia 21 de abril de 1960, data da inauguração da Nova Capital. Havendo eu levado um punhado dessas bandeirinhas , numa das oportunidades que tivemos de nos aproximar do carro presidencial, postamo-nos à frente do veículo, que parou; pedimos autógrafo ao presidente na bandeira e ao vice-presidente, João Goulart, em uma flâmula”, contou o dirigente em uma edição especial de 1990 da revista oficial do Goiás Esporte Clube.

Também na publicação, Rurc Douglas contou, com detalhes, como foi o processo de criação da bandeira esmeraldina:”Quando imaginamos a bandeira do Goiás, partimos das cores já escolhidas: o verde e o branco. Daí em diante, era combinar o que pensávamos dentro do significado dessas cores. Adotamos sete listas horizontais, representando o ritmo da vida, que é de sete dias. O verde da esperança em quatro listas, e o branco da paz em três listas. Uma faixa circular no centro abre o campo para uma letra, um “G” tradicional”, descreveu com orgulho, porém, com a ressalva de que emblemas não precisam de explicação.  

“Bandeira é símbolo e símbolo deve significar por si mesmo”, finalizou Ruarc Douglas, que, em setembro do ano passado, faleceu aos 90 anos.

Últimas Notícias


20/05/2022

Futebol Profissional

No CT do Fluminense, Goiás fecha preparação para encarar o Flamengo neste sábado (21)
Leia mais

19/05/2022

Futebol Profissional

Goiás x RB Bragantino – Sábado 28/05/2022 – Orientações Sócios-Torcedores
Leia mais

19/05/2022

Futebol Profissional

Flamengo x Goiás: Verdão treina e viaja para o RJ
Leia mais

19/05/2022

Futebol Profissional

Retrospecto: Flamengo x Goiás
Leia mais

19/05/2022

Futebol Profissional

Antes de enfrentar o Flamengo, Diego enfatiza: “Vamos preparados para trazer um bom resultado.”
Leia mais

18/05/2022

Futebol Profissional

Imagens do treinamento na manhã desta quarta (18)
Leia mais