Gestora avalia experiência adquirida pelas Esmeraldas da Serrinha, no Brasileirão Sub-18

Goiás finalizou sua participação, na tarde deste sábado (6), empatando em 1 a 1, com o Botafogo

06/02/2021 - 18:30 - Assessoria Goiás E.C.

Futebol

compartilhe

A experiente gestora do Futebol Feminino do Goiás, Patrícia Menezes, analisou o momento vivenciado, pelas atletas, no Campeonato Brasileiro. Goiás finalizou sua participação, na tarde deste sábado (6), empatando em 1 a 1, com o Botafogo.

“Uma experiência muito boa, primeiramente a viagem de avião, 70% delas puderam realizar a sua primeira vez em um voo, além de poder ficar hospedadas em um hotel de primeira classe, que é um local que foi construído para receber as equipes da Copa do Mundo, são meninas muito carentes, elas vivenciaram tudo com muita intensidade e isso é um incentivo para seguir na carreira.”

Encontro de diferentes culturas e novas experiências.

“O intercambio que elas puderam vivenciar aqui foi fundamental, elas estavam muito restritas a Goiânia, observaram as outras equipes, isso dá mais incentivo a seguir e poder disputar um Campeonato Brasileiro da CBF é tudo experiência nova, elas estavam acostumadas a torneios de várzeas, competições mais simples.”

Palestras e encontro com comissões técnicas da Seleção Brasileira.

“Em todo o período tiramos um tempo para reuniões, palestras de estímulos para elas persistirem no sonho e jogar futebol, tivemos a oportunidade de receber muitas palestras, até mesmo com o Jonas Urias, o treinador da Seleção Brasileira, que acompanhou os jogos no torneio.”

Novidades em cada jogo em Sorocaba/SP.

“Até mesmo o monitoramento via GPS, realizado pela CBF nos jogos, foi algo novo para as meninas, elas só tinham observado este tipo de trabalho pela televisão, tudo foi novidade, são garotas muito carentes.”

Primeiro Campeonato Brasileiro disputado e incentivo para seguir a carreira.

“A importância da competição para o futebol feminino, é o ponta pé inicial para a carreira, basta observar que são 24 equipes, cada uma com 17 ou 18 atletas, isso demonstra quantas mulheres estão jogando futebol no país, valoriza o crescimento da categoria. Muitas dessas meninas almejam jogar no profissional do Goiás, querem se destacar para isso. Elas jogaram em horários com muito calor, partidas em sequência, cansativo e mesmo assim, na competição, elas demonstraram muita vontade de crescer na carreira.”

Foto: Flickr oficial | CBF

Últimas Notícias


21/05/2022

Futebol Profissional

Série A: Goiás luta, mas é superado pelo Flamengo no Maracanã, 1 a 0
Leia mais

21/05/2022

Futebol

Nota de Pesar – 21/05/2022
Leia mais

21/05/2022

Futebol Profissional

Guia da partida: Flamengo x Goiás – 21/05/2022
Leia mais

20/05/2022

Futebol Profissional

Retrospecto: Flamengo x Goiás
Leia mais

20/05/2022

Futebol Profissional

No CT do Fluminense, Goiás fecha preparação para encarar o Flamengo neste sábado (21)
Leia mais

19/05/2022

Futebol Profissional

Goiás x RB Bragantino – Sábado 28/05/2022 – Orientações Sócios-Torcedores
Leia mais